Quinta-feira, 16 de Abril de 2009

A Daphnia magna é um organismo zooplantónico filtrador, típico de águas doces, muito usado em testes de toxicidade por todo o mundo.
É um animal fácil de cultivar em laboratório, com baixo custo, que requer pouco espaço e pequenas quantidades de soluções aquosas. Possui um ciclo de vida curto, alta fecundidade, reprodução partenogénica, sendo fácil a obtenção de populações homogéneas em termos de tamanho, idade e sexo.
É perfeitamente transparente, de modo que os seus órgãos internos são visíveis ao microscópio, podendo-se observar, por exemplo: o batimento do seu coração. Todas estas características fazem da Daphnia Magna um excelente modelo biológico, vítima de vários estudos científicos.

 

Classificação científica:


Reino: Protista
Filo: Chlorophyta
Classe: Chlorophyceae                               
Ordem: Chlorococcales
Família: Oocystaceae
Género: Chlorella
Espécie: Chlorella vulgaris
Beijerink, 1890



publicado por biologia10c às 21:04 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

Divulga Ciência – Project...

Vamos conhecer as Dapnhia...

O Ambiente ideal ...

O inicio da aventura …

A construção da casa das ...

De que se alimentarão as ...

Uma conversa cheia de fum...

Acção da nicotina sobre a...

arquivos

Abril 2009

blogs SAPO
subscrever feeds